segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Mini álbum romântico inspirado no Grêmio



AVISO: este post pode causar mini infartos nos colorados de plantão, isso também vale para o meu namorido rsrsrs, que é Internacional de corpo e alma.

O álbum de hoje, como vocês já viram, é totalmente inspirado no Grêmio, pois o casal tem o coração azul e torcem pelo time como nunca. A ideia surgiu, enquanto Gleice e eu conversávamos, e digo para vocês, ficou demais, porque sou a favor da ideia de que o álbum tem que ser a cara do casal, refletir suas personalidades e gostos, isso que deve ser.


As cores já estavam mais que definidas, no álbum só entraria azul, preto e branco, já para a capa, a Gleice desejava que tivesse um pouco de cada coisa do casal, então ela me deu uma pequena lista do que representava eles e para eles; vou lhe explicar melhor, eles amam comer, por isso o mini poster, mas mais que tudo, eles amam comer pizza; são fãs da banda U2, então tem o símbolo da banda e uma miniatura fofa do Bono Vox, amam livros, ambos são de profissões de áreas exatas, daí a calculadora científica, o namorado é viciado em Xbox; e lógico, torcem pro time Grêmio, por isso o mosqueteiro, mascote do time.


Quanto ao miolo do álbum, ele foi carregado de fotos de vários momentos do namoro, e para ficar ainda mais especial, maioria das fotos vinha acompanhada de uma tag, para que a própria Gleice descrevesse sobre aquele momento retratado. Mais amor impossível né?! Teve até fotos da infância de cada um =) Essa primeira foto é show, digam lá, morro de rir sempre que vejo rsrs.

Olha a tag aí =D
Minha página predileta. Não sei explicar porquê
Página mais gremista impossível
Viu a página de cima?! Teve até refrão do hino do time, vê se pode?! rsrsrs Demais!!!

***Este álbum mede 15x15cm

O que acharam?! Digam lá, digam... Vale curtir, comentar, compartilhar e tudo mais.

Agradeço o carinho de sempre. E me acompanhe mais lá no Insta e Snapchat, ambos são @brunahalcantara. Boa semana para todos nós!

 

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Pote de memórias como livro de recados para formatura


Entre uma encomenda e outra aqui no ateliê eu escrevo este post.

Na última sexta-feira, dia 15 de janeiro, aconteceu o baile de formatura da minha amiga Vanessa Anequino, só eu sei o orgulho que sinto de poder participar desse momento especial da vida dela, foram anos (pra ser mais específica, 2 anos) abdicando de qualquer distração - inclusive nossos rock's de todo sábado - para estudar tanto para os anos finais da faculdade como para a cruel OAB. Sim, e ela conseguiu, se formou com mérito e além de ter se tornado Bacharel em Direito, meses antes da formatura já se tornou advogada, com a sua carteira vermelhinha nas mãos (de forma ilustrada rsrs já que só pode receber a carteira após receber o diploma). Então, minha amiga estava se formado da melhor maneira possível e eu não achei justo ela não ter uma recordação desse dia.


Só que sei lá, não queria um livro de recados comum, (já mostrei aqui e aqui), queria algo diferente, criativo e que os convidados não se sentissem acanhados para escrever. Coloquei os neurônios para funcionar e pensei: "ela gosta de tudo que é antigo como eu", "ela adora coisas diferentes e criativas" (como eu), "ela é viciada em café" (essa aí eu já explico porquê), "adora scrapbooks e canetinhas coloridas" - viram como somos bem parecidas? rsrs - depois de muito pensar, consegui montar toda a ideia na cabeça e por a mão na massa, quer dizer, no café né?! Em cima da hora, consegui um pote de vidro com a sogra e lá fui eu feliz da vida pro meu ateliê (leia-se: minha casa) confeccionar o que estava na minha cabeça. Detalhe: faltava umas 5 horas para a festa.


Fiz um café bem forte (vi no Snapchat da ScrapBi) e tratei de mergulhar todos esses "papéiszinhos", pus para secar (colocando no sol seca em instantes), cortei essas fitas douradas que tem um arame fininho por dentro (comprei em papelaria), confeccionei a caixa com papel kraft A4 (para fazer deste tamanho eu emendei as folhas), decorei o pote de memórias, fiz com carimbo a frase "escreva. enrole. guarde no pote" e coloquei nesse negócio de acrílico, que não sei o nome, que encontrei em loja de revelação de fotos; ah, lá eles vendem como porta retrato, quem sabe você acha assim também,  e levei umas canetinhas. A ideia funcionaria assim: a pessoa escrevia no papel, enrolava, amarrava com a fitinha e colocava no pote; ideia vintage, meio marinheira e criativa, digam aí?! E tenho orgulho de dizer que surgiu tudo dessa cabecinha aqui. Obrigada, de nada! =D


O resultado? A formanda com um sorriso de orelha a orelha e lágrimas nos olhos, convidados escrevendo com vontade e bastante e uma lembrança eterna de uma conquista tão especial. Posso dizer que fiquei feliz com a criação!


Para encerrar, tenho que dizer que as fotos foram clicadas a meu pedido pela minha irmã linda Fabiana Maia, porque afinal, tirar fotos em um ambiente escuro com um celular, não garante fotos bonitas e bem visuais. À minha amiga Vanessa, desejo um sucesso profissional incrível.

Gostaram?! Ah se você gostou, então não custa nada curtir, comentar e compartilhar né?! Afinal, o mundo é composto de boas relações.

Obrigada a você que leu até aqui. Beijos

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Álbum - {our family - nossa família}

 

São 04:51h da manhã, o sono não está muito produtivo por aqui, então vim logo por aqui mostrar fofuras para vocês.

Mini álbum mais que apaixonante para a Mari Findlay (adoro trabalhar com ela), para guardar as fotos do novo membro da família, o Bento; eles fizeram um ensaio fotográfico lindo assim que ele nasceu, então tinha que ter um álbum bem especial para isso né?!


O álbum mede 30x30cm, aproximadamente, e no miolo vinha 10 folhas lisas de 180g para a Mari mesma colar as fotos e decorar como quiser. Para as cores e a decoração, ela deu uma cartela de adesivos (este com tema de família) para que eu fizesse o álbum a partir destes elementos, me deixou livre para fazer como eu quisesse (ela sempre me deixa bem livre rsrs adoro). Aí pensei, o enxoval do Bento é todo no amarelo e cinza, resolvi usar estas cores como ponto de partida, mas como o álbum era "de família" acrescentei outras cores para combinar, adoro verde menta (vocês já estão cansados de saber disso) achei que ficaria perfeito, aí usei esse papel com estampa de doilies (papéis rendados) que além de ter as cores do álbum e do enxoval do bebê, também era a cara da Mari, que é uma artista. 


No mais, usei doilie, corações de crochê, pérolas, adesivos Clic Clic (acho que não tem um projeto que não use rsrs), tags, washi tapes e fitilhos. E achei no Pinterest estas duas imagens fofas, a do menino agarrando o coelhinho e a do elefante, achei tão fofas, não resisti! Para embalar, usei papel seda e fitilho, adorei! A Mari fez uma caixa de mdf forrada com tecido para deixar ele bem guardado.


Vou falar sério para vocês, eu gostei tanto e tanto que queria ficar para mim rsrs. Mas acho que isso que é legal do scrapbook, fazer projetos pros seus clientes que você goste tanto que queira para si. 

Não sei se vocês já repararam, principalmente pra quem me segue no Instagram (@brunahalcantara), de uns tempos para cá, estou fazendo um scrap mais "cheio", digamos assim, já eu chamo de "scrap gringo" já que as gringas fazem muitooo scrap assim, com muitos elementos, e pelo contrário, não fica nada poluído, fica bem composto, pelo menos eu acho, e você?!

Gente, uma ótima semana para vocês. Beijos

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Quadro de Scrapbook

Oie pessoal, primeiro post de 2016 no ar... ÊÊÊÊ!!! Um ano novo iluminado e feliz para cada um de vocês.


Viu só essa belezinha aí em cima?! É um quadro de scrapbook de 30x30cm feito todinho a mão, isso isso mesmo, essa moldurinha aí não é madeira, mdf ou algo assim, é simplesmente feita com papel paraná (papel holler ou papel prensado em outros lugares).


Curioso para saber como eu fiz? Já te aviso que dá uns calinhos na mão. Peguei o papel paraná e cortei em quadrados de 30x30cm, depois cortei os quadradinhos no meio, quando cortado parece uma janela (fica tão fofinho!), pois é, cortei uns 6 quadrados (com as janelinhas) e mais 2 quadrados do mesmo tamanho, mas esses eu não cortei os 4 quadrados no meio, porque seriam fundo da moldura, deu de entender?! Colei tudinho, alinhando bem, primeiro os 2 quadrados lisos e depois os 6 quadrados (com as janelas cortadas), aí ficou assim, pessoalmente ficou encantador.


Aí o namorido entrou em ação com a tinta spray branca, usamos apenas um. Mas preciso dizer, o papel paraná é poroso, então já imagina que a tinta é muito absorvida, o que dá a impressão de mal pintado, próximo que eu fizer, usarei tinta acrílica no pincel mesmo. Acabamos gostando do resultado, ficou rústico, suave, meio nude e branco ao mesmo tempo. Adorei!

Para as "janelinhas" usei enfeites aleatórios e que combinassem entre si, queria que remetesse ao antigo, à natureza, tivesse muitas flores, pérolas e meus amados corações de crochê.


Forrei cada "janelinha" com um papel e aí fui usando os itens que queria baseado nos temas que queria abordar, flores e pássaro pela natureza; carimbo de relógio e menininha com sorvete (veio num envelope de Fofuras do ScrapBi) pelo antigo; doilie, pérolas e corações de crochê pela delicadeza; adesivos Clic Clic à vontade, na primeira "janelinha" usei uns com tema de costura, algo que ela adora fazer.


Gente, preciso contar uma coisa para vocês, viram essas flores de papel igual um redemoinho?! rsrsrs Aprendi a fazer num vídeo lá no Youtube, o que aconteceu?! Elas são tão fáceis, mas tão fáceis que fiquei fazendo várias rsrsrs queria usar todas no mesmo quadro.

O que acharam? Gostaram? Se tiverem dúvidas, só postarem aqui nos comentários ou por e-mail.
***Não esqueçam de mostrar pras amigas, compartilhar e tudo mais viu?!

Ah! Estou sempre lá no Snapchat (@brunahalcantara) postando parte do meu dia a dia. Vê lá!
Beijos
Feliz 2016 (de novo!).